Seção Memória – Entrevista Prof. Tullo Vigevani [parte II]

Por Angelo Lira e Leonardo Octavio Belinelli de Brito

Na segunda parte da entrevista concedida pelo professor Tullo Vigevani (Unesp) para a Seção Memória, o entrevistado avalia a recepção e os impactos da Revista Lua Nova, destaca sua importância na reflexão política e analisa as projeções futuras do perfil do periódico. O Prof. Tullo Vigevani é pesquisador do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (CEDEC) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Estudos dos Estados Unidos (INCT-INEU).

Seção Memória – Entrevista Prof. Tullo Vigevani [parte I]

Por Angelo Lira e Leonardo Octavio Belinelli de Brito

Na primeira parte da entrevista concedida pelo professor Tullo Vigevani (Unesp) para a Seção Memória, o entrevistado relembra seus momentos na editoria da Revista Lua Nova, destacando os desafios de financiamento e distribuição da revista, além das transformações no formato do periódico ao longo do tempo. O Prof. Tullo Vigevani é pesquisador do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (CEDEC) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Estudos dos Estados Unidos (INCT-INEU).

A atual crise argentina é, também, uma crise de política externa

Por Matheus de Oliveira Pereira
Uma vez mais, as notícias que chegam da Argentina informam a ocorrência de uma grave crise econômica que se mostra insensível às iniciativas de enfrentamento do governo de Maurício Macri. Empossado em dezembro de 2015, Macri, que assumiu o governo prometendo “pobreza zero” no país, chega ao último ano de seu mandato ostentando alguns dos piores indicadores das últimas décadas.

Resenha de Tese – O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos e seu Escritório: criação e desenvolvimento institucional (1994-2014)

A tese “O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos e seu Escritório: criação e desenvolvimento institucional (1994-2014)” teve como objeto o posto de Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) e seu Escritório (EACNUDH). O objetivo do trabalho foi reconstruir o processo político de criação e desenvolvimento institucional da organização, no período 1994-2014, de modo a evidenciar como o ACNUDH/EACNUDH se constituiu e se mantém como um ator internacional incontornável em matéria de direitos humanos.

1 2