As instituições democráticas estão funcionando ou estão em processo de erosão?

Por Ivo Coser
Um espectro ronda a política e a ciência política brasileira indagando: as instituições democráticas estão funcionando? Ressalta-se o qualificativo de “democráticas”, porque instituições, por definição, como bem lembrou Bruno Wanderley Reis, sempre funcionam. Duas respostas disputam nossas mentes e corações.

Súmula bibliográfica – Teoria Política e Filosofia Política

Publicações das áreas de Teoria Política e Filosofia Política em periódicos nacionais e internacionais de janeiro a junho de 2019. ADAMS, Suzi. Beyond a socio-centric concept of culture: Johann Arnason’s macro-phenomenology and critique of sociological solipsism. Thesis Eleven, v. 151, n. 1, p. 96–116, 2019. ADLOFF, Frank. Practices of Conviviality and the Social and Political Theory of Convivialism. … Ler mais

Resenha de Tese – De Reims a Varennes: as linguagens da autoridade política na França revolucionária

A pesquisa que fundamenta a tese intitulada De Reims a Varennes: As linguagens da autoridade política na França revolucionária toma a distância entre Reims, terra da sagração real, e Varennes, povoado onde Luís XVI e sua família foram flagrados em fuga, como metáfora da erosão da linguagem da autoridade política (notadamente, o direito divino dos reis) e da concorrência entre os discursos de resistência às autoridades tradicionais e os que propuseram uma nova ordem política.