Toda fome é uma decisão política

Por Thiago Lima
Imagine uma vala aberta com lixo radioativo.[2] Por décadas. Por séculos. Agora, imagine que existam tecnologia e recursos para isolar completamente este lixo radioativo, tornando-o inofensivo. Mas, imagine que isso não seja feito. Imagine que as empresas invistam seus recursos na produção de medicamentos e tratamentos para venda.

Transição sitiada

Por Natália Mello
As eleições de 2020 nos Estados Unidos foram repetidamente chamadas de “a life changing election” (uma eleição transformadora da vida). A julgar pela mobilização recorde de eleitores nas últimas eleições não parece exagero supor que estava na mesa opções que teriam impactos profundos.

A OPÇÃO DOGMÁTICA E A “INVIABILIDADE” DE MEDIDAS ABRANGENTES DE POLÍTICA ECONÔMICA KEYNESIANA NO GOVERNO BOLSONARO (PARTE II): AS MEDIDAS DE PROTEÇÃO À ECONOMIA NO PERÍODO DA PANDEMIA: OS CASOS DA FRANÇA, DOS EUA E DA ARGENTINA

Por Wilson Vieira
A partir do que observamos sobre as opções de política econômica do governo brasileiro perante o desafio da pandemia, fazemos agora uma breve exposição das medidas tomadas pelos governos da França, dos EUA e da Argentina para proteger suas economias durante o período da pandemia.

O governo começou, acabou e recomeçou, mas não sabemos como irá terminar

Por Ivo Coser
Refletir sobre as notícias do jornal é uma tarefa que interessa a todos que refletem sobre a política. A conjuntura com seus vários fenômenos, diversos atores e suas interações múltiplas, seus resultados ora surpreendentes ora esperados exigem do espectador um instrumental que lhe permita separar o passageiro do permanente; que lhe forneça meios que direcione o olhar para as ações que vão influenciar o curso dos acontecimentos daquelas que são apenas uma nuvem passageira, a qual por vezes anuncia uma chuva que não virá.

1 2 3 14